Conheci Lula em um dos Foros de São Paulo

22 de julho de 2010

“Conheci Lula em um dos Foros de São Paulo”

O Estado, 22/07/2010

Meu artigo de hoje não é artigo. Uso o espaço para publicar um trecho da entrevista concedida por Raúl Reyes, então vice das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), ao jornalista Fabiano Maisonnave, da Folha de S. Paulo, em agosto de 2003. Ao final, dou uma dica ao PT:

"Folha de S. Paulo – Qual é a sua avaliação do governo Lula?

Raúl Reyes – Tenho muita esperança em que o governo Lula se transforme num governo que tire o povo brasileiro da crise. Lula é um homem que vem do povo, nos alegramos muito quando ele ganhou. As Farc enviaram uma carta de felicitações. Até agora não recebemos resposta.

Folha – Vocês têm buscado contato com o governo Lula?

Reyes – Estamos tentando estabelecer –ou restabelecer– as mesmas relações que tínhamos antes, quando ele era apenas o candidato do PT à Presidência.

Folha – O sr. conheceu Lula?

Reyes – Sim, não me recordo exatamente em que ano, foi em San Salvador, em um dos Foros de São Paulo.

Folha – Houve uma conversa?

Reyes – Sim, ficamos encarregados de presidir o encontro. Desde então, nos encontramos em locais diferentes e mantivemos contato até recentemente. Quando ele se tornou presidente, não pudemos mais falar com ele.

Folha – Qual foi a última vez que o sr. falou com ele?

Reyes – Não me lembro exatamente. Faz uns três anos.

Folha – Fora do governo, quais são os contatos das Farc no Brasil?

Reyes – As Farc têm contatos não apenas no Brasil com distintas forças políticas e governos, partidos e movimentos sociais. Na época do presidente [Fernando Henrique] Cardoso, tínhamos uma delegação no Brasil.

Folha – O sr. pode nomear as mais importantes?

Reyes – Bem, o PT, e, claro, dentro do PT há uma quantidade de forças; os sem-terra, os sem-teto, os estudantes, sindicalistas, intelectuais, sacerdotes, historiadores, jornalistas…

Folha – Quais intelectuais?

Reyes – [O sociólogo] Emir Sader, frei Betto [assessor especial de Lula] e muitos outros".

Agora sou eu, Bruno Pontes: Pois bem, tenho uma sugestão para o PT. Basta anunciar ao povo brasileiro, em português alto e claro, que as Farc são uma organização terrorista. Pronto. As suspeitas de colaboração entre o partido e a narcoguerrilha serão eliminadas. Bem que Dilma Rousseff poderia vir a público fazer um pronunciamento neste sentido…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s