O legado do chefe tóxico

Os efeitos nocivos permanecem até muito depois de ele ir embora

Por Álvaro Oppermann

É comum dizer que um mau chefe leva a empresa a ter baixa satisfação profissional, clima nervoso no escritório e alta rotatividade na equipe. Já são efeitos ruins à beça, mas ainda tem mais. Segundo o psicólogo Christian N. Thoroughgood, da Universidade da Pensilvânia, os efeitos negativos do mau chefe são muito mais sutis e profundos. No artigo Bad apples, bad barrels and broken followers? (“Maçãs podres, barris podres e seguidores quebrados?”), publicado no Journal of Business Ethics, Thoroughgood afirma que o chefe tóxico é produto de um ambiente que reúne funcionários emocionalmente suscetíveis e um ambiente corporativo contaminado. “O chefe ruim precisa de

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s